5.3.18

E volta o cão arrependido

Apresento a vocês Helena: Meu ukulele 

É um bocado estranho escrever esta carta sem saber se vai ter alguém em casa para ler, talvez seja porque passei muito tempo longe a procura de qualquer coisa que me fizessem bem e me trouxessem paz, quando na realidade eu já tinha. Bem aqui. O meu cantinho de sempre.

Eu não tenho muito o que dizer a vocês, a não ser que muita coisa mudou desde setembro de 2017 (a data da nossa última publicação) e que estar de volta e colocar o sapato na porta é um misto de alegria e incertezas.

O 1001 Julietas me trouxe muitas alegrias e como sempre tem feito um milhão de novas descobertas.  Reflexões que outrora eu não teria tido, se ele não tivesse me ensinado.

Eu não sei muito bem o que você vai encontrar nesse lugar nos próximos dias, mas espero que você continue se sentindo bem estando aqui e seila, talvez a nossa casa mude um pouco, talvez a gente redecore as coisas por aqui, o que vai ser bom.  Talvez você encontre novos assuntos para ler durante a noite, ou talvez leia coisas antigas também. Talvez você ame, ou talvez não, mas vai ser bom ainda assim. Talvez a gente fique mais intimas, como era no passado e talvez a gente se ajude, como sempre foi. 

Seja como for, vai ser bom compartilhar com vocês tudo isso.

Estava com saudades,
Com todo o amor do mundo
Moni. 


comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

@mmoniele