3.8.17

ciúme excessivo não é amor, amigos!


Não é bonito quando o homem pede para você tirar aquela roupa que ama, porque outros homens vão olhar para você na rua e ele não vai gostar nadinha disso. Para evitar brigas você tira. Isso não é proteção.

Não é bonitinho quando ele pede para você excluir seu melhor amigo do facebook só porque vocês se falam de mais.  "Ele está dando em cima de você". Não, ele não está, e você sabe. E nem quando faz você excluir sua conta para evitar que você seja adicionada por outras pessoas. Isso é bem confuso.


Não é legal quando ele não te deixa andar na rua sozinha, durante a tarde. E nem quando tenta controlar sua agenda telefônica, fica vasculhando suas conversas no whatsapp e principalmente quando passa a te cobrar com quem você fala, com quem você sai e que horas vai voltar. Esse papel era do seu pai. Não é  do seu namorado.

Não é interessante ele xingar as suas amigas de nomes tão baixos que eu nem ouso escrever aqui. 

Não é amor quando ele controla a sua vida.  

"Mas é insegurança" - me disseram.
"Mas é porque ele ama, por isso tem ciúmes" - as pessoas falam.

Não é amor quando ele controla você.

Insegurança/ciúmes é normal, a gente se sente inseguro quando gostamos de alguma coisa ou alguém. É saber que aquela pessoa é tão incrível que pode encontrar uma pessoa tão incrível quanto ela é para você, e você, se sente inseguro. Tudo o que amamos temos medo de perder. Mas isso não significa que esse sentimento tem de ser regado. Não, tem de ser cortado. É o lance do amor próprio, lembra? 

Ciúmes não é prova de amor, por mais que algumas novelas, livros, músicas e séries mostrem o contrário. 

Ciúmes excessivo é sinal de que tem alguma coisa muito errada e você precisa parar de ser martirizada por ele.

Lembre-se, você não é uma propriedade. Você não é um objeto. Você não é um boneco. Você é alguém LIVRE para tomar as próprias decisões. É um ser humano com opinião. Você não precisa aceitar todas as coisas, você é capaz de dizer não para tantas outras e levar uma vida leve. 

Amar é entender que a pessoa que você está junto é totalmente livre para fazer amigos, rir, ser ela mesma e principalmente que não te pertence. Ninguém pertence a ninguém, não literalmente, entende? 

Amar é CONFIAR!.

DEUS TE DEU LIBERDADE.

Ah, se você soubesse o quanto de mulheres (e homens também), morrem por conta de ciúmes talvez parássemos de aplaudi-lo e romantiza-lo. Não é bonito, nunca foi e nem vai ser. É desgastante, fisicamente e psicologicamente, é frustante e totalmente perturbador.


INSTAGRAM: @MONIELEHACKMAN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

@monielehackman