( 9.1.17 ) - - Textos

Carta para o meu primeiro amor: O que os anjos veem?

(via reprodução)

Li o último texto que escrevi para você e é incrível como ainda mexe comigo, Abba.  Tenho aprendido sobre você, ainda erro. Faz um tempo que não pego o seu diário para ler, e isso faz falta na minha vida. Eu poderia atribuir a falta de tempo, mas você e eu sabemos que falta de tempo é uma desculpa quando dois corações se amam de verdade. Está mais para qualquer outra coisa: Falta de querer. Outras prioridades. Você sabe que eu me envergonho delas todas. Vamos fazer o que, ? Essa sou eu. Ainda um bebê. Aprendendo. Mas nem por isso você deixa de falar comigo. Seja aqui, na mente, ou na boca de alguns amigos e desconhecidos na rua. Mas é na musica que você se revela. Como pode me encontrar de todas as formas? 

Dias desses eu ouvi uma música que dizia isso: " o que os anjos vêm  que os fazem se prostrar e o que é que os anjos veem que os fazem cantar santo? ". E fiquei me perguntando: o que eles veem que mesmo sem eu ver, me faz querer te adorar, te abraçar e reencontrar você ai em casa?  O que eles veem que me faz chorar sempre que o espírito santo me toca? O que eles veem que me faz negar o meu querer todos os dias e lutar para ser como cristo? O meu cristo? O que ele veem que faz querer ser melhorar mesmo sendo fraca? O que eles veem que me faz odiar cada pecado que tenho? O que eles veem que me faz ter forças para aguentar a barra? O que eles veem Abba, que me faz te amar tanto?  O que eles veem, Abba

Eu não sei, mas eu sei que o que eles veem é o que me faz pegar esse celular novamente e gritar para o mundo todo o quanto sinto saudade sua. Saudade de todas as coisas dai. Saudade do que nunca vi, mas do que meu corpo clama.


Sabe Abba, eu não sei quais são os seus planos para mim, mas eu quero ir onde você me mandar. Sem reclamar. Sem questionar. Eu quero estar onde você quer que eu esteja só pra gente terminar essa bagunça daqui e todos juntos irmos para casa.

Eu também falho nisso. Na missão. Podia estar sendo mais. Mas você confia em mim e é por essa confiança que eu quero tentar de novo e de novo, não ser como Paulo, Pedro, João e até, eu quero ser como a Moniele, a pessoa que você vê. Não que eu vejo. A Garota dos seus olhos.

É Abba... Obrigada por todo esse amor que você me dá, e essa noite, eu quero dizer: meu coração é seu.

Estou com saudades.

4 comentários:

  1. Me vi viajando nas palavras. Parabéns por seu texto, você realmente tem o dom da escrita, por favor, não para nunca.

    Amei e já estou seguindo.

    http://giselleovits.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que lindo esse texto.

    http://www.blogsecretplace.com/

    ResponderExcluir
  3. Que lindo o texto, scrr! Fico tocada quando você fala de Deus aqui no seu blog, muitas vezes me identifico e mais uma vez me identifiquei. Amei mesmo!

    Parabéns, que Deus te abençoe mais e mais, beijo!

    A Garota dos Teus Olhos

    ResponderExcluir
  4. Poça, que lindo texto! Adorei adorei!!!!
    elisaumarapariganormal.blogspot.pt

    ResponderExcluir