( 26.8.16 ) - -Receita

4 sobremesas fáceis e rápidas pra você fazer no fim de semana


Quem me conhece sabe que eu sou uma negação na cozinha haha, não me peça para preparar nada porque a certeza de um desastre acontecer é ENORMEEEEEEEEEEEEEE, porém, quando o assunto é doce, me chama que eu adoroooooooon hehehe, tanto é que vivo na internet procurando receitas fáceis para fazer no FDS, e se eu consigo, sendo como sou, pode ter certeza amigan, você também consegue <3

***
TORTA HOLANDESA DE COPINHO
Sabe aquela socializada que você dá com os amigos em casa? Então, se os seus forem como os meus hehe, que come MUUUUUUUUITO e adora um doce, essa receita é super prática e fácil. Ela exige um pouquinho mais do que as outras, mas nada que seja muuuuuuuuuuito, nossa, que demora. É maravida :D


O vídeo é curtinho e super interativo.

SALA DE FRUTAS COM SAGU
Faz anooooooooooos que eu não como Sagu, quando vi essa receita PIREI! Salada de frutas já é bom, dessa maneira foi a primeira vez que vi. Acho que você vai gostar também :D


O vídeo é curtinho e super interativo.


PAVÊ DE MORANDO NO COPINHO
É pavê ou pácume? AISJASIJAISJAISJAISJAISJAISJ desculpa gente, só não podia perder a oportunidade de perder +um seguidor. A área da comédia me exxxxxxxxxpera!ADORON!


O vídeo é curtinho e super interativo.

BOLO DE CANECA DE BOLACHA OREO
Porque Oreo é vida, é amor, é maravilhosooo, agora, bolo de caneca de Oreo? MARAVIDA!


O vídeo é curtinho e super interativo.

***
todas as imagens foram retiradas do site: receitas de minuto , caso de interesse, lá no site tem outras receitas, tanto doces quanto salgadas, que é óh, sucesso!


( 24.8.16 ) - - Textos

Fomos aquela história de final... Infeliz


Bateu saudade do seu carinho e do seu amor, quer dizer, de todo o resto também. Bateu saudade das ligações no fim da noite e as mensagens no começo do dia, senti vontade de tocar a campainha da sua casa semana passada quando o meu carro cruzou a sua rua. Senti vontade de te procurar pela milésima vez essa semana, só pra saber se você tá bem ou se tá com outra, se você pensa em mim ou se me reconheceria se me visse no aeroporto que trabalha. Ou na porta do seu quarto.

Você sabia ler cada vírgula minha, cada reticencias, cada interrogação e ponto final. Cê sabia a hora de falar e a hora de me deixar pra lá, quieta, mas cê sabia que devia estar presente, nem que fosse do outro lado da sala. Você foi aquele pedaço que me faltava e agora? Agora é difícil tapar o buraco que cê deixou, reconstruir as cicatrizes do seu adeus e cada pedacinho meu me lembra você é que foi tudo rápido demais, o adeus foi rápido e o recomeço tá sendo lento.

Mas foi melhor assim.
Cê tinha cada coisa em seu lugar, tinha tudo o que eu imaginei num cara perfeito, mas é aquele ditado garoto, a perfeição não pertence ao ser humano e você? você tinha tudo o que eu odiava em alguém. Era infiel. Me traiu com a minha prima, minha melhor amiga e a Raquel, a Raquel era uma irmã pra mim mas não prestava e eu sempre soube, da mesma forma que minhas entranhas gritavam quanto te conheci, querendo me avisar que eu tava me metendo num buraco sem saída porque eu já sabia que você não prestava, também sabia da Raquel, eu só não esperava que ela fosse capaz, que você fosse capaz.

Mas tá tudo bem, ainda dói relembrar aquela cena, ainda dói relembrar você e reviver a sua saudade, ainda dói cruzar na sua rua e fingir que não conheço o numero 47 de cor. Ainda dói ver as suas fotos, ignorar as suas ligações, ignorar a sua existência e fingir que estou bem melhor.

Eu me fiz e refiz milhares de vezes por tua causa, vai ser difícil voltar as origens mas eu tenho paciência porque eu sei, meu amor, que quando isso acontecer, que quando o mar tocar os meus cabelos na mesma intensidade que tocou no último verão antes de você  eu vou aprender amar outra pessoa, e não tenha dúvida, vai ser milhares e bilhares de vezes melhor do que foi com você. Por que sou aquilo, né? Se não for pra transbordar, então não quero meio copo, eu te amei intensamente, mas agora? Aprendi que o verdadeiro amor me pertence, e você? É só mais uma história de um final...infeliz.


( 22.8.16 ) - -Beleza

Top 3: Meus batons liquídos favoritos


Quem diria QUE EUUUUU, LOGO EUUUUUU, faria um post TOP 3 de batons hahahha. Mas não é que eu tô curtindo esse tipo de coisa gente? acho que vocês ainda vão ver muito disso por aqui <3 aguardem..

Mas vamos lá.

Quem me segue no snap e instagram  já deve ter percebido que eu adoro usar batons de diferentes tipos e cores, porém, depois que descobri os batons efeito matte eu realmente me apaixonei e não troco, principalmente os líquidos que eu acho bem mais fácil de aplicar sem borrar.

Escolhi (escolha difícil) os três batons que eu mais tenho usado, que foram baratos e que eu amo SUPER!! De quebra,  no fim do post, eu deixo um dica bem fácil para vocês aplicarem batons efeito matte ou líquido de uma forma rápida e que não borra <3. 



Esse é de longe o meu queridinho, acho que todo sábado estou com ele haha. O que mais gosto desse batom é que ele fixa rápido e não é difícil de sair quando você quer. 

É da Max Love. 


 Confesso que quando era mais nova super me restringia em NÃO usar batons vermelhos por inúmeros motivos - boca muito grande ou dentes muito tortos, o que as pessoas iriam achar?-, JUROO que me arrependo suuper dessa fase insegura que se importava demais com as opiniões alheias. ENFIM, acontece que depois que comecei com os batons vermelhos não parei mais. Aí, resolvi experimentar os matte para ver se eu me adaptaria bem. E OLHA SÓ, EU A-D-O-R-E-iiii GENTE <3

A única parte ruim de batom vermelho é que cê não pode borrar de jeito nenhum, mas tudo bem haha.

Também é da Max love.


Esse é beeeeeeem nude, bem boca mexxxxxxxmo haha e pela foto parece ser mais claro do que realmente é. Na realidade, esse da VULT é bem clarinho, mas não deixa passar despercebido. Eu gosto de usar aos sábados e no dia-a-dia se eu tenho algo mais sério para fazer. É outro que eu sou viciada e não troco. 

***
D I C A :

Essa é a forma como eu aplico o batom liquido, como a minha boca é sem forma - podem reparar -, aproveito e delineio para que fique mais aparente. 

Caso queira tentar é essa a ordem. E a dica também vale para batons normais. 

   

Aproveita e segue no instagram também hihi : @mony_hack
( 19.8.16 ) - - Textos

Deixa de marra que eu não te quero mais

(imagem: via reprodução)
Te vi no pátio da faculdade mês passado, aquela imagem de garota deteriorada que perdeu o namoro de sete meses ficou na sua mente, cê me chamou para conversar, beijou meu rosto, deu aquele sorrisinho torto com os queridinhos buracos na bochecha. No fim da aula fomos tomar um chá, gelado, porque você gosta, eu não, eu odeio, mas fui porque era isso que cê queria e eu? eu só queria ter você por mais alguns minutos.

Me levou em casa, me deixou na porta, como sempre, me deu um beijo de despedida e pediu desculpas.
"desculpas?" - perguntei.
“desculpa por ser tão babaca"-  você disse. “você é uma garota incrível”.
E sou mesmo. Mas naquela hora não fui.
Ficamos conversando horas e horas no portão, sobre o dia, sobre nós e sobre como seria nosso casamento.  Tava tudo certo, eu tinha você de volta, na minha mente, dessa vez, seria perfeito. Por mais uma semana.

No domingo da semana 3 você me pediu um tempo. De novo. Depois, para terminar, de novo.  E de novo corri atrás, perguntei o que fiz e até o que não fiz, estava disposta a mudar. Que tola.  Mudar. Mudar por que, né? Fui tão desprezível comigo mesma, garoto.

Respirei fundo enquanto te ligava todo sábado a noite, todo domingo a tarde e mais um bocado de chamadas não atendidas no whatsapp.  Você não atendeu. Você não respondeu, que louco, né?

Joana me chamou para comer um açaí e eu fui, shopping J.K, o mesmo que íamos, droga, não queria, mas eu tinha que ir, estava enlouquecendo em casa, e foi ai que te vi.   Naquela padaria perto do centro, com outra. Mais uma. Cara, você acabou comigo, acabou com cada pedacinho meu. Chorei horrores e horrores e sofri muito por sua causa, e te agradeço por isso, porque acordei.

Acordei pra vida, acordei pra mim e acordei de você.

Voltamos das férias da faculdade, você veio até minha sala, com o mesmo jeito das outras vezes. Me deu um beijo no rosto, pediu para que eu te esperasse na saída que queria tomar um chá gelado comigo.

No fim da aula desci as escadas correndo.
E fui para a padaria do centro, a mesma que íamos e a mesma que você levava as outras.

Passou um tempo e você chegou, do nada.  Calça moletom, blusa de frio e uma touca. Nem estava tão frio assim.

- Achei que ia me esperar- você disse ao se aproximar da minha mesa.
- Desculpe – disse – estava com pressa.
- É que você sempre me espera – respondeu.
- Eu tinha compromisso.
- Tudo bem – disse se sentando.

Eric cruzou a mesa e se sentou ao meu lado. Ele passou as mãos por trás das minhas costas e sorriu para você. Dei um beijo rápido em Eric e você confuso se levantou.

- Desculpe – eu disse- desculpe por ser tão babaca.

Virou as costas e saiu pelo menos lugar que entrou.
Me ligou nos últimos meses na mesma insistência que eu te ligava.  

Cê perdeu.

Ah, garoto, quem te vê passar com essa cara de santo nem faz ideia do que tem por baixo, né? Cê adora pagar de garoto malandro, que faz o que quer, na hora que quiser e tá tudo bem os efeitos colaterais que deixar no caminho.   Foi assim comigo, vai ser assim com a próxima e com as outras, porque caras como você, na boa, tem aos montes por aí, mas eu tô fora. 

Hoje eu tô livre, tô leve e tô feliz.

Espero que se encontre um dia, porque eu? Eu não te quero nunca mais.